projetos apoiados pela laço

A Laço é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 2000 e cujo objectivo é lutar contra o cancro da mama em Portugal. Desde sempre tem procurado apoiar e desenvolver iniciativas que provoquem um forte impacto na prevenção, diagnóstico precoce e tratamento do cancro da mama em Portugal. A sua actividade fica marcada pela aquisição de oito unidades móveis, fazendo assim chegar o rastreio a diversos pontos do País, incluindo à região dos Açores que recebeu uma 2ª unidade móvel da Laço em em 2014. A criação de centros de excelência para o diagnóstico e tratamento do cancro da mama e a optimização do Rastreio em Famílias Portuguesas com síndrome hereditário de cancro da mama são projectos que também receberam o apoio desta associação. Apoiou o Centro de Mama do Centro Hospitalar de São João assim como o Hospital de Stª Maria e IPO de Lisboa na aquisição de novo equipamento. A publicação de livros e e-books de apoio às mulheres com cancro da mama foram mais alguns dos projectos desenvolvidos nos últimos anos assim como a criação dum site com informação acessível e gratuita sobre todos os aspectos do cancro da mama. Entre 2012 e 2015 atribui 5 bolsas no valor total de 125.000€ que incentivaram novos trabalhos de investigação em Portugal sobre as causas do cancro da mama e o cancro da mama metastático. Em 2015, em parceria com o Instituto de Medicina  Molecular de Lisboa, lançou o Fundo iMM – Laço: A Caminho da Cura. 
 
2016
Em 2016, a Laço apoiou o Fundo iMM-Laço: A Caminho da Cura focando no projecto de Luís Costa e Maria do Carmo Fonseca que analisa a genética dos tumores de forma a prever a resposta à quimioterapia em mulheres com cancro da mama em estadios iniciais, assim como a identificar o tipo de tumores com mais riscos de metastização.
 
Laço também voltou a apoiar a area de investigação do IPO de Lisboa ligado ao risco familiar do cancro da mama e do cancro do ovário atraves de um projecto para implementar a metodologia de rastreio somático de mutações BRCA.  
 
2015
 
Em 2015, a Laço e um conceituado júri atribuiram pelo terceiro ano consecutivo duas bolsas de investigação no valor de 25.000€ cada. Uma das bolsas foi atribuída a Wolfgang Link do Centro de Biomedicina Molecular e Estrutural da Universidade do Algarve. A outra bolsa foi atribuída a Florence Janody do Instituto Gulbenkian da Ciência que se candidatou com um projecto sobre as alterações na proteína actina e nos microtúbulos existentes no interior das células quando um cancro começa a invadir. 
 
Fundo logo smallEm Junho de 2015, a Laço e o Instituto de Medicina Molecular (iMMLisboa) uniram-se para investigar o cancro da mama. Criaram para esse efeito o Fundo IMM-Laço: A Caminho da Cura que vai permitir novas descobertas na procura das causas do cancro da mama e diminuir a sua incidência, assim como os mecanismos que desencadeiam o cancro da mama metastático, uma área muito pouco estudada. O Fundo foi lancado com donativo inicial de 75.000€ da Laço. 
 

20140325 JF - SRS Inauguração 005 small2014

Em 2014, a Laço reforçou o seu apoio à região dos Açores com a oferta de uma 2ª unidade móvel de rastreio do cancro da mama equipada com um mamógrafo 100% digital que vai trazer vantagens e diminuir o número de falsos positivos. Esta unidade ficará sediada em Ponta Delgada, estando a outra unidade oferecida em 2010 na ilha Terceira, apesar de estar prevista a sua deslocação às restantes ilhas no período do Verão, de forma a fazer chegar o rastreio a todo o arquipélago.

Saber mais

Depois de uma primeira bolsa de investigação que foi atribuída ao investigador Sérgio Dias, a Associação Laço e um conceituado júri atribuíram este ano duas bolsas no valor de 25 mil Euros cada. As vencedoras foram Joana Paredes, do IPATIMUP, que vai desenvolver um projecto sobre o cancro de mama “Triplo-negativo”, e Diana Gaspar, do Instituto de Medicina Molecular (IMM) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, que irá desenvolver um projecto na área das metástases do cérebro.

 

20138282556-test-tubes-on-pink-background

Em 2013, a Laço atribuiu a primeira bolsa de investigação anual na área do cancro da mama em Portugal no valor de 25.000€, que ira incentivar novos trabalhos de investigação sobre as causas do cancro da mama e cancro da mama metastático. Esta primeira bolsa conta com a participação do Professor Carlos Caldas que aceitou ser o Presidente do Júri, e que é um médico e cientista proeminente no estudo no cancro da mama.
Para dar continuidade a este projeto em 2014, a Laço continua a angariar fundos para a atribuição de uma nova bolsa, no próximo ano.

  

Mon31300142012sao joao site rs

2012

Em 2012, a Laço reforçou o seu apoio ao Centro da Mama do Centro  Hospitalar de S. João com a oferta de dois equipamentos que vão contribuir para que as mulheres tenham acesso a um diagnóstico e tratamento mais eficaz e seguro: uma maquina de radiografia digital de peças operatórioas, a primeira a funcionar em Portugal, e uma cadeira para a realização de biopsias

  

 

ipo

2011

Em 2011, a Laço adquiriu equipamentos para a nova Unidade de Mama do IPO de Lisboa, incluíndo um novo mamografo digital com tomossíntese. A Clínica da Mama é um espaço que foi actualizado com novos equipamentos de forma a permitir às mulheres antes e após o diagnóstico de cancro da mama um acompanhamento multidisciplinar que contribuirá para o sucesso do tratamento a que irão ser submetidas.

 

  

açores resize

2010

Em 2010, a Laço apoiou o Programa de Rastreio do Cancro da Mama nos Açores, doando mais uma unidade móvel de mamografia. No momento da inauguração, o Secretário Regional da Saúde, Miguel Correia referia que “este novo equipamento vem permitir a realização de 6500 mamografias por ano”. 

  •  
  •  

 

af-pioneer-resize

 

 

Saiba mais sobre a historia da Laço e os seus projetos

 

 
Voltar
 
 
Aviso: A informação contida neste site é necessariamente de carácter geral e não constitui nem dispensa uma consulta médica apropriada.