diagnóstico

O diagnóstico indica qual o tipo de condição que tem. Pode tratar-se de uma situação benigna, um estado inicial (também denominado por cancro da mama precoce), ou um cancro de tipo secundário, que se encontra numa etapa mais avançada, tendo-se espalhado a outras partes do corpo.
 
Compreender o diagnóstico é muito importante porque condicionará a oferta de tratamentos que lhe serão indicados, podendo por isso afectar muitas das suas escolhas de vida que fará daqui para a frente.
 
breast-cancer-smallQuais os sinais de alerta para a suspeição de cancro da mama?

Sempre que encontre algo de diferente ao observar ou palpar a sua mama, nomeadamente se diferir da outra mama. 

São sinais de suspeição: 

• A detecção de um nódulo (caroço) à palpação. 
• O aumento progressivo e assimétrico de uma das mamas. 
• Alterações cutâneas (depressão, espessamento ou endurecimento da pele) localizadas. 
• Retracção de um dos mamilos. 
• Corrimento (branco amarelado ou sanguinolento) mamilar. 

Em todos estes casos, deverá recorrer de imediato ao médico.
 
A existência de um nódulo mamário é sempre sinal de cancro?
Não, pois a grande maioria dos nódulos mamários devem-se a lesões benignas. Por exemplo, nas mulheres jovens, a maior parte dos nódulos devem-se a fibroadenomas (nódulo sólido benigno); a partir dos 40 anos, a grande maioria dos nódulos são devidos a formações quísticas (de constituição líquida), quase sempre benignas. Mesmo assim sendo, e sem alarmismos, deverá sempre recorrer ao médico para eventuais esclarecimentos.
 
Ao contrário do que as pessoas pensam a maioria dos nódulos descobertos no auto-exame da mama são benignos (mais de 80%). No entanto não nos podemos esquecer que o nódulo na mama é o sinal mais frequente de cancro, em mais de 75% dos casos.
 
Isto significa que se sentir um nódulo na sua mama não precisa de entrar em pânico mas deve consultar o seu médico assistente.
 
Se for menstruada e se sentir o nódulo antes do período menstrual, espere que o período passe e verifique se o nódulo desapareceu. Muitas vezes são apenas alterações do tecido mamário decorrentes das alterações hormonais que surgem mais intensamente na fase pré-menstrual. Se não for o caso, o seu médico irá orientá-la para a realização de exames adequados.
 
Uma das mensagens actualmente mais importantes e a não esquecer é a seguinte: a capacidade diagnóstica aumentou de forma incrível nos últimos anos e por isso não é preciso retirar o nódulo para ter a certeza do que se trata. As mamografias, ecografias e biópsias associadas a exame clínico dão-nos a certeza em mais de 99% dos casos.
 
Muitas pessoas acham no entanto que se retirarem os nódulos, diminuem o risco, pois assim a possibilidade de estes se tornarem malignos desaparece.  Mais uma vez isto não é verdade na maioria dos casos. A maioria dos nódulos benignos da mama não se torna maligno. Isso é um mito!  Evite surpresas muito desagradáveis ao retirar nódulos da mama sem saber do que se trata.
 
Quando afinal é um cancro, o choque é enorme e hoje em dia, nem sempre a cirurgia é a primeira opção. Qualquer que seja a sua idade não deixe que lhe tirem qualquer nódulo sem realizar exames mamários e nas duas mamas. Olhe pela sua saúde, tenha hábitos de vida saudáveis e previna as doenças. Olhe pela sua saúde esteja alerta aos sinais.

O que são lesões subclínicas?
Lesões subclínicas são todas aquelas que não se detectam clinicamente, ou seja que não se palpam.  Podem sê-lo quer na mamografia, quer na ecografia. Na ecografia são sobretudo nódulos muito pequenos que não se conseguem detectar na palpação mas conseguem ser detectados pelo ecografo. Já na mamografia são frequentemente as microcalcificações (pontos brancos na imagem) que muitas vezes também não se detectam na ecografia e na clínica. Resumidamente infra-clínico quer dizer impalpável.
 

O que é a termografia? 

A termografia utiliza luz infravermelho para medir a temperatura da pele da mama. A termografia nao é um método de diagnóstico de confianca. Mais informações (em inglês):

http://ww5.komen.org/BreastCancer/EmergingAreasinEarlyDetection.html

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar
 
 
Aviso: A informação contida neste site é necessariamente de carácter geral e não constitui nem dispensa uma consulta médica apropriada.