situação benigna


eco smallAs situações benignas da mama são muito frequentes. Isto deve-se ao facto da mama da mulher estar sob constantes alterações durante a sua fase reprodutiva, desde o momento do seu desenvolvimento, durante uma gravidez e até na menopausa. Estas situações resultam de respostas normais ao processo de envelhecimento e às flutuações hormonais, nomeadamente da hormona estimuladora folicular (FSH), da hormona luteinizante (LH) e da estradiol (principal hormona feminina). Os homens também podem desenvolver uma situação benigna da mama, sendo o tipo mais comum a ginecomastia.

 As situações benignas da mama são duas vezes mais frequentes do que o cancro da mama. Por cada 10 mulheres enviadas às unidades da mama pelos médicos de família, 9 terão uma alteração benigna da mama. Contudo, cada vez que uma mulher tem um novo sintoma, como por exemplo, uma alteração no formato/tamanho da mama, um nódulo/endurecimento, dor ou corrimento do mamilo, deve consultar o seu médico de família.

O tratamento para uma situação benigna da mama pode ser necessário para melhorar a qualidade de vida da doente, mas as alterações benignas da mama não são cancro da mama, nem aumentam a possibilidade de vir a ter no futuro cancro da mama (excepto nos casos de hiperplasia atípica, papiloma intraductal único ou quisto complexo).

O que são calcificações mamárias? Calcificações mamárias são pequenas manchas de sais de cálcio que podem ocorrer em qualquer área do tecido mamário. As calcificações mamárias são tão pequenas que não as sentirá. Ler o artigo completo (pdf)


O que são quistos mamários? Quistos mamários são bolsas cheias de líquido que se desenvolvem no tecido mamário. Os quistos normalmente ocorrem à medida que o peito envelhece e se altera. Ler o artigo completo (pdf)

Dor mamária A dor mamária (mastalgia) é muito comum, afectando mulheres de todas as idades e em qualquer momento das suas vidas. Ler o artigo completo (pdf)

Dor cíclica Relacionada com o ciclo menstrual, a dor cíclica mamária geralmente afecta as mulheres entre os 30 e os 40 anos, e normalmente pára após a menopausa. Ler o artigo completo (pdf)

Dor não-cíclica Há dois tipos de dores mamárias não-cíclicas. Ambas podem resultar em dor contínua, tanto antes como depois da menopausa. Esta dor pode ser sentida em toda a mama, numa área específica ou em ambas as mamas ao mesmo tempo. Ler o artigo completo (pdf)

O que é a ectasia ductal? À medida que as mulheres atingem a menopausa e as mamas envelhecem, os ductos sob o mamilo tornam-se mais curtos e largos (isto chama-se ectasia). Isto é uma mudança normal na mama e não é motivo para preocupações. Ler o artigo completo (pdf)

O que é a necrose adiposa? A necrose adiposa é um nódulo que se forma como resultado de danos na área do tecido adiposo mamário. Ler o artigo completo (pdf)

O que é um fibroadenoma? As mamas são constituídas por ductos e lóbulos, que são rodeados por tecido adiposo e de suporte. Por vezes, o tecido cresce sobre um lóbulo como uma bola, formando um nódulo sólido. A isto se chama um fibroadenoma. Ler o artigo completo (pdf)

O que é a ginecomastia? Esta situação benigna corresponde a um crescimento maior do que o habitual de tecido mamário masculino. É comum em rapazes adolescentes e homens mais velhos – embora possa afectar um homem em qualquer momento da sua vida. O facto de ter ginecomastia não aumenta as hipóteses de vir a desenvolver cancro da mama. Ler o artigo completo (pdf)

O que é a hiperplasia? As mamas são constituídas por lóbulos (glândulas que produzem leite) e ductos (tubos que transportam o leite para o mamilo), rodeados por tecido adiposo e de suporte. Por vezes, células normais de dentro da mama crescem em tamanho e número. Isto chama-se hiperplasia. Pode acontecer nos ductos (hiperplasia ductal) ou nos lóbulos (hiperplasia lobular). Ler o artigo completo (pdf)

O que é um papiloma intraductal? Por vezes um nódulo parecido com uma verruga desenvolve-se num ducto mesmo por detrás da aréola. Isto é um papiloma intraductal. Ler o artigo completo (pdf)

 Neoplasia Lobular In Situ (CLIS) As mamas são constituídas por ductos e lóbulos que são suportados por tecido adiposo e conectivo. O leite é produzido e armazenado nos lóbulos e transportado até aos mamilos através dos ductos durante a amamentação. O termo 'neoplasia lobular' descreve uma diversidade de mudanças nos lóbulos mamários, incluindo hiperplasia lobular atípica (HLA) e carcinoma lobular in situ (CLIS). 'In situ' significa que ocorre somente nos lóbulos mamários e que não se espalhou pelo tecido circundante.  Ler o artigo completo (pdf)

O que é a Doença de Mondor? A Doença de Mondor é uma inflamação das veias sob a pele das mamas e da caixa torácica, e é também conhecida como tromboflebite superficial.  Ler o artigo completo (pdf)

O que é a mastite periductal? A mastite periductal ocorre quando o ducto sob o mamilo se torna inflamado e infectado. É uma situação benigna, que pode afectar mulheres de todas as idades mas é mais comum em mulheres mais jovens. Ler o artigo completo (pdf)

O que é um tumor filóide? Um tumor filóide é um nódulo duro de tecido que pode surgir em qualquer parte da mama. Pensa-se que se desenvolve naturalmente à medida que o peito envelhece e se altera. Uma vez formado, um tumor filóide pode tornar-se rapidamente muito grande.  Ler o artigo completo (pdf)

 O que é a adenose esclerosante? A adenose esclerosante é uma situação benigna em que cresce tecido extra nos lóbulos mamários. Pode causar dores recorrentes, ou resultar num nódulo pequeno e firme na mama.  Ler o artigo completo (pdf)

 Conteúdos cedidos pelo Breast Cancer Care

 
Voltar
 
 
Aviso: A informação contida neste site é necessariamente de carácter geral e não constitui nem dispensa uma consulta médica apropriada.