dos 9 aos 17 anos

conheca corpo resizeTudo sobre a mama
À medida que as meninas passam pela puberdade, as suas mamas e corpo modificam-se – descobre tudo o que precisas de saber sobre a tua mama nesta secção.
 
O que acontece durante a puberdade
Entre os 9 e os 17 anos as meninas passam pela puberdade, o que significa passar da infância para a idade adulta. Apesar de, nestas idades, ainda não se pensar em ter filhos, o corpo prepara-se para isso. Durante a puberdade, o corpo começa a desenvolver-se e a mudar. Isto acontece devido à produção de determinadas hormonas, chamadas estrogénio e progesterona. Estas hormonas podem também afectar o humor e a forma como nos sentimos.
Para as meninas, a puberdade significa que as suas mamas começam a crescer, assim como os pelos das axilas e púbis. As suas ancas começam a alargar, o seu estômago, nádegas e pernas podem tornar-se maiores e a cintura começa a diminuir. Surge o período menstrual, geralmente todos os meses. Quando se começa a ter o período (ciclo menstrual) há a possibilidade de se engravidar se tiver relações sexuais.
A idade com que a puberdade se inicia depende de muitos factores, tais como a raça, peso e os genes que herdamos dos nossos pais. Toda a gente passa por isso, mas o corpo de cada pessoa desenvolve-se ao seu próprio ritmo – algumas pessoas começam antes e desenvolvem-se rápido, enquanto outras começam mais tarde e desenvolvem-se mais lentamente. Não há motivos de preocupação – qualquer que seja o ritmo de cada um, é normal.
Provavelmente irás notar que tu e as tuas colegas se desenvolvem de forma diferente. As tuas mamas podem começar a desenvolver-se mais cedo, mas uma colega tua pode ter o período antes de ti. Os corpos não se desenvolvem todos na mesma altura e pela mesma ordem, e toda a gente é diferente.
 
O que são as mamas e para que servem
As mamas são feitas, principalmente, de tecido gordo e a sua função principal é a de produzir leite para a amamentação. Assentam na parte da frente do peito e estendem-se para baixo, em direcção à axila. O tecido mamário é suportado por ligamentos e assenta no músculo grande peitoral entre a segunda e a sexta costelas.
Em cada mama há um determinado número de glândulas, conhecidas como lobos mamários, que produzem o leite durante a gravidez. O leite mamário é transportado por tubos, chamados ductos, até ao mamilo.
A área mais escura da pele à volta do mamilo chama-se aréola. Na aréola existem alguns pequenos altos. São normais e chamam-se glândulas de Montgomery. Produzem líquido para hidratar o mamilo e a aréola.
 
Quando as mamas começam a crescer
A maior parte das meninas nota que as suas mamas se começam a desenvolver entre os 9 e os 11 anos, mas também é normal que aconteça antes ou depois destas idades. Se as tuas mamas se começarem a crescer antes, não significa que vais ter mamas maiores do que alguém com desenvolvimento mais tardio – ou o vice-versa. O ritmo a que as mamas crescem é variável conforme a pessoa.
As mamas podem também começar a crescer antes de teres o teu primeiro período – é normal.
Aos 17 anos as tuas mamas já se terão desenvolvido por completo, embora isto possa já ter acontecido antes ou demorar ainda um pouco mais.
 
Como acontece o crescimento das mamas
Quando a mama começa a crescer r, um pequeno caroço, chamado telarca, cresce por baixo da aréola e do mamilo. À medida que a telarca cresce, podes sentir uma espécie de formigueiro, dores ou comichão na mama e os teus mamilos podem inchar ou tornar-se mais moles. Tudo isto é normal. As mamas tornam-se maiores e mais redondas à medida que o tecido gordo e as glândulas de produção de leite se desenvolvem. A aréola fica maior e mais escura e os mamilos mais salientes.
 
Quem pode ajudar?
Fala com alguém se tiveres dúvidas ou preocupações com as tuas mamas. Os teus familiares, professores, enfermeira ou médico poderão ajudar-te.

Conteúdos cedidos pelo Breast Cancer Care

Mais informações sobre sexualidade, saúde e o seu corpo: Portal da Saúde Sexual e Reprodutiva

Em inglês:

Coppafeel - uma associação sobre o cancro da mama para jovens

Bedsider - informação sobre sexualidade e contracepção

 

 
Voltar
 
 
Aviso: A informação contida neste site é necessariamente de carácter geral e não constitui nem dispensa uma consulta médica apropriada.