linfedema

medi sleeve gauntletO linfedema é um inchaço (edema) causado pela acumulação de líquido linfático (linfa) nos tecidos da superfície do corpo. Após o tratamento ao cancro da mama, pode ocorrer esta acumulação de linfa como consequência de alterações no sistema linfático devido à cirurgia e/ou radioterapia aos gânglios linfáticos na axila e áreas circundante. Este linfedema pode acontecer por vezes, sem cirurgia nem radioterapia e dever-se à existência de células cancerígenas que ocuparam o sistema linfático.

A nível emocional, pode sentir que é muito mais difícil lidar com o linfedema do que com os tratamento do cancro. Pode viver uma mistura de sentimentos dependendo do grau do edema e isso pode afectar a sua vida diária mas é normal sentir-se irritada ou por vezes cansada. Pode controlar estes sentimentos tentando compreender o porquê deste linfedema se ter desenvolvido e tomar medidas positivas tais como o relaxamento para a ajudar a lidar com os sentimentos.

 Se houver momentos em que sente que não está a lidar bem com a situação, não hesite em pedir ajuda, seja ao seu médico especialista ou ao fisioterapeuta. Pode ser útil falar com outras pessoas que estejam a viver a mesma experiência.

Algumas pessoas pensam que o linfedema afecta a sua autoconfiança porque precisam de repensar o seu dia-a-dia por ex. relativamente a passatempos ou actividades. Isto pode ter um impacto na sua vida social ou relações pessoais. Fale com o especialista que trata o seu linfedema sobre como pode modificar as suas actividades em vez de as abandonar completamente.

Por vezes o edema pode ser difícil de esconder (especialmente durante os meses de verão) e pode ser algo que a lembre constantemente do seu diagnóstico de cancro da mama. Pode mesmo achar que certas pessoas que lhe são próximas não compreendem como um sintoma “aparentemente inofensivo” como o edema lhe pode causar tamanha angústia.

Controlar o seu linfedema pode significar que precisará de fazer algumas alterações ao seu estilo de vida, mas com o tratamento adequado os sintomas podem ser reduzidos, contribuindo para minimizar o impacto na sua vida diária.

Quais os sintomas físicos que posso ter?
 
Inchaço
Após o tratamento do cancro da mama, pode às vezes desenvolver-se um inchaço no peito ou na parede torácica do lado afectado. Isto pode ser desconfortável e, às vezes, doloroso. Se durar mais de algumas semanas após o fim do tratamento, ou se este se desenvolver numa fase posterior, contacte o seu médico ou fisioterapeuta. Um sutiã bem ajustado pode ajudar a apoiar o seio e assim aliviar algum deste desconforto. Se o seu peito estiver vermelho, inflamado e doloroso, contacte o seu médico porque pode ter uma infecção e necessitar de antibióticos.
 
Aperto
Pode vir a sentir o braço apertado quando houver fluido extra nos tecidos. Algumas pessoas sentem um aperto no braço, sem que o braço apareça inchado.
 
Pele seca
Uma pele esticada pode tornar-se seca e escamosa e algumas vezes com uma sensação de comichão. É importante que a pele seca seja hidratada e mantida saudável para evitar o desenvolvimento de infecções. Aplique diariamente um hidratante para ajudar a proteger a pele e aliviar estes sintomas.
 
Rigidez no braço
Se o seu braço estiver inchado, pode limitar o movimento das articulações. É importante exercitar o seu braço e ombro regularmente, a fim de reduzir a rigidez e  incentivar a drenagem linfática. Se, após a cirurgia ou radioterapia, lhe tiverem sido indicados exercícios específicos, é fundamental continuar a fazê-los durante o tempo que estes foram recomendados.
 
Desconforto
O linfedema não é geralmente doloroso embora algumas pessoas possam experimentar algum desconforto. Muitas pessoas queixam-se de um sentimento de aperto pesado no braço, e o desconforto tende a ser maçador e persistente. O desconforto ocorre frequentemente após uma actividade árdua, por isso é melhor este tipo de actividades. Tente descansar o braço em travesseiros e almofadas, faça algum exercício suave ou tome analgésicos.
 
Infecção 
Se o braço de repente fica doloroso com vermelhidão, inchaço ou o inchaço começar a aumentar, pode uma infecção ter-se começado a desenvolver. A isto chama-se celulite. Os primeiros sintomas são frequentemente os sintomas semelhantes aos da gripe e o seu braço também pode ficar quente ao toque ligeiro. Estes sintomas precisam da atenção do seu médico, e provavelmente terá que começar a tomar antibióticos de imediato. Se tiver repetidas infecções, pode ser prescrita uma dose baixa de antibiótico para tomar em modo contínuo.
 
Risco de Linfedema 

Estima-se que 25-35% dos doentes que completaram a cirurgia e/ ou radioterapia da axila, como parte do seu tratamento do cancro da mama, possam vir a desenvolver linfedema em algum momento da sua vida.

Este valor será menor para pessoas que têm a biopsia sentinela do nódulo linfático da axila, pois esta é menos traumática para o sistema linfático. Ainda não se sabe porque é que algumas pessoas desenvolvem esta condição, e outras não. A maioria das pessoas que desenvolvem o linfedema após o cancro da mama e o seu tratamento têm apenas sintomas leves a moderados. São apenas os sintomas no braço, mão e dedos no mesmo lado da mama afectada, que ficam «em risco». Ler artigo completo (pdf)

Tratamentos para o linfedema

O objectivo do tratamento do linfedema é incentivar o fluído linfático a afastar-se dos tecidos, fazendo os vasos linfáticos trabalhar mais. Embora a forma como isto é feito varie de acordo com a gravidade de seu linfedema, o seu tratamento irá incluir algumas ou todas das seguintes abordagens em momentos diferentes. Pode conseguir fazer muitas destas coisas em simultâneo com qualquer tratamento profissional a que está sendo submetida. Ler artigo completo (pdf)

Compreender o Sistema Linfático
O sistema linfático é composto por uma rede de pequenos vasos semelhante aos vasos sanguíneos, grupos de gânglios linfáticos que se estendem por todo o corpo, aos quais os vasos sanguíneos estão ligados e outros tecidos linfáticos, tais como as amígdalas, fígado e baço.
Os vasos linfáticos transportam um líquido incolor, chamado linfa, que é composto por água, proteínas e outras substâncias. Também contém os glóbulos brancos chamados linfócitos que ajudam o seu corpo a combater as infecções.
A linfa flui muito lentamente, mas em modo contínuo, através dos vasos linfáticos para os gânglios linfáticos, que estão situados em todo o corpo, onde a linfa é filtrada. Os gânglios linfáticos também ajudam a combater as infecções, através da filtração de resíduos como as bactérias.
O sistema linfático coopera com o sistema sanguíneo para manter e proteger o equilíbrio de líquidos nos tecidos superficiais do corpo através da drenagem, filtração e transporte de fluido linfático por todo o corpo.
 
Conteúdos cedidos pelo Breast Cancer Care
 
Sites que vendem produtos para linfedema: sites e sites internacionais 
 
Voltar
 
 
Aviso: A informação contida neste site é necessariamente de carácter geral e não constitui nem dispensa uma consulta médica apropriada.
-->